Contratou o primo de um amigo para fazer o site? Não deu certo? Que novidade!

Sou  empresário a 12 anos sendo que destes 10 são trabalhando com internet no desenvolvimento de site e lojas virtuais e por incrível que pareça ouço esta história a pelo menos 6 anos, é sempre a mesma coisa. Precisa fazer o site aí tem uma amigo ou um parente ou ainda, um parente do parente (estes são os piores), que sabe fazer site. Não tem empresa ou tem uma empresa pequena mas é esforçado, limpinho e educado. Bom, o resultado nunca é o esperado ou melhor dizendo só pode ser o esperado, um trabalho amador que por muitas vezes fica inacabado.

 

Hoje para variar atendi a mais um cliente com este tipo de problema, este estava fazendo uma loja virtual. O que aconteceu não vou repetir o paragrafo de cima, mas vou contar como acabou. O projeto avançou bem na parte de programação e layout, mas quando chegou na hora de orientar o cliente a escolher as melhores opções de logística para o tipo de produto, vinho, que os correios não fazem e efetivamente integrar a loja a este operador a coisa desandou. Mas não foi só logística que o projeto falhou, faltou um treinamento adequado para administração da loja, faltou indicar a melhor solução de meios de pagamento e integrar a loja com eles, faltou indicar os melhores meios de divulgar a loja e seus produtos e sobretudo faltou capacidade profissional na parte mais delicada e importante do projeto.

 

Pode parecer preconceito mas não é. Parente ou amigo pode fazer um bom trabalho? Sim, lógico que pode, mas antes de contratar o seu verifique os projetos que ele já fez, peça para ele lhe mostrar os projetos anteriores, pesquise na internet o que você precisa saber para que seu projeto tenha sucesso. Faça com ele o que você faria se fosse um estranho, e se depois desta verificação você anida quiser contá-lo, vá em frente e boa sorte, mas anote meu telefone, quem sabe você vá precisar daqui uns 2 meses? (11) 9931-3158.

Tags: , ,

Comente